Planeta movido a Internet

E do outro lado, para lembrar as tradições do Nordeste (do meu pai repentista) Os Nonatos das terras da Paraíba e do Ceará (os meus meio conterrâneos) com um desafio/repente com um decassílabo sobre computadores, internet [passado e futuro na tecnologia]. Esse veio do Gjol postado pela colega de doutorado Débora Lopez do Blog Rádio na Rede. Escutem que vale a pena conferir a criatividade e inteligência da cultura nordestina em versos que vai muito além do filme o Homem que Desafiou o Diabo. É pura poesia popular com senso crítico.

Fernando f. Silva

Colaboração dos leitores do blog sobre experiências do uso de tecnologias móveis

Oi pessoal,
Estou realizando uma pesquisa de doutorado sobre o uso de tecnologias móveis na produção jornalística. Nesse momento realizo um mapeamento dos jornais e portais brasileiros [e internacionais] que de alguma forma utilizam tecnologias móveis na cobertura jornalística (tipo notebook, smartphone, celular, palms, câmeras digitais, conexões sem fio, enfim…).

Gostaria de ter a colaboração dos leitores desse blog, através da seção de comentários dessa postagem, no sentido de enviar e descrever experiências que conheçam da utilização de dispositivos móveis para otimizar o processo de produção jornalística e o envio de notícias em jornais ou portais de notícia jornalística.
Especificamente as informações que me interessam mais diretamente são as seguintes:
1.Experiências de jornais ou portais de internet brasileiros [ou internacionais] que de alguma forma utilizam tecnologias móveis para a produção ou o envio das notícias diretamente do local da apuração dos fatos.
2.Qual a intensidade do uso e em que situações são utilizadas essas tecnologias (em matérias factuais ou em matérias de cobertura de acidentes, de esportes, especiais)
3. Que tipos de tecnologias utilizam (celular, smartphones, notebooks, câmeras digitais e que tipo de conexão sem fio)

Agradeço imensamente as colaborações.
Fernando F. Silva

Jornalista e doutorando na UFBA

Micrografia: fotos por celular no El País

O El País, da Espanha, lança o Micrografia, um blog com fotografias do cotidiano que são feitas a partir de um telefone móvel. Essas fotos são realizadas pelo jornalista Javier Castañeda numa câmera VGA (Sony-Ericsson T610 e K320i). As imagens são postadas de forma bruta, sem tratamento, sem edição. Esse projeto é similar a um outro do JC Imagem, do Grupo Jornal do Commercio de Pernambuco, em que fotógrafos profissionais realizaram testes com telefones celulares Nokia N73 e Sony Ericsson K790i para produzir fotos com qualidade e teor jornalístico.
A diferença é que o projeto do El País funciona como um blog com a possibilidade de inserção de comentários e o envio de fotos também por parte dos internautas. Abaixo Javier Castañeda explica a escolha do nome do blog e o que se pretende:
Micrografías nace de un apareamiento incierto acaecido en las Islas Griegas entre micro (pequeño) y -grafía (escribir), que significa descripción, tratado, escritura o representación gráfica. El resultado ha tenido la suerte de nacer en el siglo XXI y define una nueva categoría de fotografías realizadas exclusivamente a través de teléfono móvil”.

fernando f. silva

Lucian Sfez fala da máquina x homem

Lucian Sfez discorre sobre a força que as novas tecnologias passaram a ter no imaginário e no dia-a-dia das pessoas tentando substituir a comuncação e a lucidez. Ele coloca que na verdade as novas tecnologias são uma combinação de tecnologias e inventos antigos já existentes como o telefone, a fibra óptica. Para ele não se pode deixar a máquina pensar pela gente dominando a situação. “Ou a gente faz parte dessas máquinas ou essas máquinas estão fazendo parte da gente”, enfatiza. Para ele quando as máquinas param gera pânico. Quando o telefone quebra ou a televisão falha gera-se pânico movido pela dependência das máquinas tecnológicas. Ele afirma que o homem transferiu suas tarefas e formas de pensar para as máquinas gerando um humano preguiço.

Fernando F. Silva via smartphone (em tempo real)