Arquivo da categoria: El País

Jornalistas sem redação

Depois de um tempo afastado por causa de viagens e muitas atividades acadêmicas, volto ao blog. Teremos muitas novidades por aqui, muita coisa para comentar sobre jornalismo e tecnologia. Gradativamente atualizarei o blog com diversas questões relacionadas à minha pesquisa de doutorado, a artigos publicados em livros e apresentados em eventos como forma de compartilhar com os leitores deste blog.

JORNALISTAS SEM REDAÇÃO
Para começar destaco a interessante matéria publicada esta semana pelo El País denominada “Periodistas sin redacción”. O enfoque é exatamente nos jornalistas que trabalham fora da redação produzindo todo tipo de conteúdo e enviando através de diversas conexões disponíveis e se utilizando para a execucação do trabalho de conexão à internet, computador portátil, câmeras digitais e celulares. Na matéria há depoimentos de pesquisadores como Ramón Salaverría e de profissionais que adotaram esta forma de exercer o jornalismo.

Como background está a questão da mobilidade e o fato de que dispomos hoje de uma infra-estrutura adequada para o desenvolvimento da atividade jornalística no campo, fora das redações, de onde de fato as notícias acontecem e que, de uma certa forma, a Internet paradoxalmente inverteu os processos transformando os profissionais em “jornalistas sentados” que apura tudo de frente ao desktop sem sair da redação. Com as tecnologias móveis e as inúmeras conexões disponíveis como a 3G espera-se que os repórteres voltem à rua para acompanhar de perto e com mais precisão os acontecimentos do dia-a-dia. Este fenômeno “do retorno” já começa a acontece em alguns grupos de comunicação com a adoção do modelo de jornalismo móvel.

Vale a pena ler “Periodistas sin redacción tendo em vista que em breve esta será uma realidade mais presente nos meios de comunicação com práticas mais vinculadas ao espaço urbano, à realidade dos acontecimentos. Tecnologias para o jornalismo em mobilidade já temos.

El País com novo design

Por força da profissão – professor de editoração eletrônica no curso de jornalismo da UEPB, ex-designer gráfico do Diário da Borborema em Campina Grande, ganhador do Prêmio Esso de Jornalismo em 2001 na categoria Primeira Página sobre o Atentado do 11 de Setembro (desenhada por Cícero Félix) e, principalmente, pelo prazer de acompanhar os redesenhos e projetos gráficos de jornais, revistas e sites, tenho acompanhado essas mutações do design e do jornalismo. Acompanho para aprender mais e analisar as inovações que possam ser incorporadas na minha concepção de projeto gráfico-editorial.

Pois bem, agora o redesenho de grande jornal que chama a atenção é o El País, da Espanha. Depois de 31 anos com um projeto que quase não mudou e preservava as páginas em preto e branco, anuncia-se uma mudança profunda. Uma análise detalhada foi feita por Ramón Salaverría no E-Periodistas e no blog do GJOL e você pode baixar em PDF uma edição do jornal de ontem (dia 14/10) apresentando as mudanças e apontando as razões. Como a mudança não parece ser apenas cosmética, mas de um ponto de vista amplo e profundo, a começar pela adoção do slogan “jornal global”, a adoção de cores, de mais fotos e infográficos é interessante observar essas mudanças para vislumbrar o impacto futuro, principalmente porque há uma identificação com o público jovem e uma relação com o que a internet representa como mídia. Postarei minhas observações posteriormente. Vou esperar a edição impressa e opinar. Enquanto isso confiram assistam o vídeo com um comercial sinalizando os caminhos do El País.
fernando f. silva

Micrografia: fotos por celular no El País

O El País, da Espanha, lança o Micrografia, um blog com fotografias do cotidiano que são feitas a partir de um telefone móvel. Essas fotos são realizadas pelo jornalista Javier Castañeda numa câmera VGA (Sony-Ericsson T610 e K320i). As imagens são postadas de forma bruta, sem tratamento, sem edição. Esse projeto é similar a um outro do JC Imagem, do Grupo Jornal do Commercio de Pernambuco, em que fotógrafos profissionais realizaram testes com telefones celulares Nokia N73 e Sony Ericsson K790i para produzir fotos com qualidade e teor jornalístico.
A diferença é que o projeto do El País funciona como um blog com a possibilidade de inserção de comentários e o envio de fotos também por parte dos internautas. Abaixo Javier Castañeda explica a escolha do nome do blog e o que se pretende:
Micrografías nace de un apareamiento incierto acaecido en las Islas Griegas entre micro (pequeño) y -grafía (escribir), que significa descripción, tratado, escritura o representación gráfica. El resultado ha tenido la suerte de nacer en el siglo XXI y define una nueva categoría de fotografías realizadas exclusivamente a través de teléfono móvil”.

fernando f. silva