Arquivo da categoria: nokia

Reuters projeta uso de celular de alta definição na sua experiência de jornalismo móvel

Após testes com kit de ferramentas do jornalismo móvel, a agência de notícia Reuters pretende ampliar o uso da tecnologia móvel digital na sua produção jornalística a partir do desenvolvimento de celulares com câmeras de alta definição HD. No projeto Mobile Journalism, lançado no fim de outubro em parceria com a Nokia, os repórteres da agência utilizam celulares Nokia N95 e outros acessórios como teclado bluetooth, tripé e microfone unidirecional. O material multimídia produzido (vídeos, fotos, textos) é editado e enviado diretamente do evento como da Nova York Fashion Week. Para o cientista chefe da Reuters, Nic Fulton, a tecnologia do telefone móvel pode representar mudanças para o jornalismo e, no futuro, novos usos serão obtidos com esta tecnologia a partir da produção de vídeos em alta definição – HD:

“We [Nokia and Reuters] believe that mobile technology is evolving extremely fast to the extent that we can see a time, probably not that far out, I’m sure less than five maybe even three years out, when mobile phones could have HD video capability and they could have extremely powerful VPUs and keyboards,” explica Fulton.

A notíca está em journalism.co.uk.

Leia outros posts publicados sobre o assunto aqui no blog: jornalismo móvel na Reuters parte 1 e parte 2

Banda Larga 3G nos celulares e o jornalismo

Redes de alta velocidade em celular 3G é o assunto do momento no mundo da tecnologia no Brasil. Pelo menos dois aspectos merecem atenção com a implantação da rede 3G no país: o primeiro, o crescimento de aparelhos móveis digitais como o smartphones e celulares (o que não é novidade); segundo a possibilidade de, enfim, gerenciar arquivos pesados de áudio e vídeo diretamente do dispositivo móvel. Esse segundo aspecto é importante para o desenvolvimento do ambiente móvel de produção (não só para o campo da comunicação). Atualmente diversos profissionais trabalham em mobilidade e necessitam de tecnologias móveis com diversas funções e de conexões sem fio com capacidade de tráfego de dados em alta velocidade. Só na Espanha são 8,5 milhões de trabalhadores móveis (ver post anterior). E para o jornalismo o que representa a banda larga 3G? As experiências da Reuters relatadas aqui de construção, em parceria com a Nokia, de um kit para o jornalista móvel para produção diretamente do local do evento demonstram o quanto a estrutura de tecnologias móveis e conexões sem fio se vincula às perspectivas do jornalismo atual de produção e difusão de conteúdo a partir desses dispositivos portáteis. Em artigo científico disponível no post anterior eu discuto essas novas condições de produção jornalística em mobilidade. A Nokia na semana passada transmitiu ao vivo o lançamento do N82 a partir de uma webcam do próprio celular (foto acima). Logo, a implantação de redes 3G representa um avanço nessas condições de produção jornalística em mobilidade e a partir do local do acontecimento do fato proporcionando de forma mais intensa o acompanhamento e envio das notícias em tempo real.

Leia mais em profissionais móveis da Bia Kunze.

fernando f. silva

Jornalismo Móvel na Reuters

A agência de notícias Reuters realizou um teste de jornalismo móvel para a cobertura jornalística direto da cena do acontecimento. A partir de um kit de ferramentas agregado a um Nokia N95 os jornalistas apuravam, editavam e enviavam as notícias (textos, fotos, videos) em condições de mobilidade. As estratégias utilizadas para resolver algumas limitações do aparelho celular Nokia foram interessantes. Para melhorar a qualidade das gravações de áudio foi acomplado um microfone unidirecional com uma adaptação de um plug. Para a digitação do texto a idéia foi adicionar um teclado externo da Nokia. Para abrigar o projeto foi criado o Reuters Mobile Journalism. Veja a notícia sobre o assunto no Journalism.co.uk e matéria sobre o projeto no site da Reuters. Abaixo a transcrição do projeto:

“So what is in the Mobile Journalism Toolkit? First of all the phone. This is a Nokia N95 which now comes in three different versions. The original European version that we used for most of the trial (image on left). Then there is a the US edition which adds more memory and support for US carrier frequencies. Finally there is the news 8GB version which can store much more music and videos, and for our journalists more raw materials.
The next part of the toolkit are the peripherals. A key component was the bluetooth keyboard that we used. This made it much easier to enter text-based stories in the field. For this we used the Nokia SU-8W (see image on left). This folds up and has a bracket to hold the phone.
We also supplied a basic tripod to help in video interviews and a Sony microphone for directional audio recording and reducing background noise in interviews – this required a special adaptor plug that was made by Nokia for the project. Finally to deal with power issues we also used Power Monkeys, both basic and Explorer versions (see photo). The Explorer has a solar charging system which was particularly useful in Senegal.”
fernando f. silva