Arquivo da categoria: tecnologias sem fio

Reuters projeta uso de celular de alta definição na sua experiência de jornalismo móvel

Após testes com kit de ferramentas do jornalismo móvel, a agência de notícia Reuters pretende ampliar o uso da tecnologia móvel digital na sua produção jornalística a partir do desenvolvimento de celulares com câmeras de alta definição HD. No projeto Mobile Journalism, lançado no fim de outubro em parceria com a Nokia, os repórteres da agência utilizam celulares Nokia N95 e outros acessórios como teclado bluetooth, tripé e microfone unidirecional. O material multimídia produzido (vídeos, fotos, textos) é editado e enviado diretamente do evento como da Nova York Fashion Week. Para o cientista chefe da Reuters, Nic Fulton, a tecnologia do telefone móvel pode representar mudanças para o jornalismo e, no futuro, novos usos serão obtidos com esta tecnologia a partir da produção de vídeos em alta definição – HD:

“We [Nokia and Reuters] believe that mobile technology is evolving extremely fast to the extent that we can see a time, probably not that far out, I’m sure less than five maybe even three years out, when mobile phones could have HD video capability and they could have extremely powerful VPUs and keyboards,” explica Fulton.

A notíca está em journalism.co.uk.

Leia outros posts publicados sobre o assunto aqui no blog: jornalismo móvel na Reuters parte 1 e parte 2

Grupo de Pesquisa em Cibercidades da UFBA lança projeto WI-FI Salvador

Na próxima quarta-feira, dentro da programação do Ciclo Internacional de Debates sobre Cibercultura, será lançado, em Salvador, um projeto inédito de mapeamento de conexões sem fio realizado pelo Grupo de Pesquisa em Cibercidades da FACOM/UFBA. É um projeto interessante para quem utiliza tecnologias móveis como notebook, computadores de mão e smartphones com wireless para estabelecer novas relações com o espaço urbano. Leia abaixo as informações e acesse o projeto http://www.wifisalvador.facom.ufba.br/


“O Grupo de Pesquisa em Cibercidade, da Faculdade de Comunicação da Ufba, lança nesta quarta às 19 horas, no Teatro do Icba, durante o Ciclo Internacional de Debates sobre Cibercultura, o site com o mapeamento dos hotspots de Salvador. O Wi-Fi Salvador (ver mapa acima) é um projeto que tem como objetivo mapear os pontos de acesso sem fio, revelando visualmente o desenvolvimento dessa tecnologia de acesso à internet na capital baiana e com isso informar às pessoas dos locais onde há a possibilidade de acessar a internet móvel.O projeto Wi-Fi Salvador é inédito no Estado e pioneiro no Brasil. Até agora, há mais de 50 locais de conexão sem fio registrados. “Nos principais serviços de busca na internet (nacionais e internacionais), não encontramos mais do que 10 hotspots para Salvador. Isso não corresponde à realidade como já mostra o número de hotspots descobertos pela equipe do GPC”, explica o professor André Lemos, coordenador do projeto. ”Para que o nosso mapa esteja sempre atualizado, construimos um blog colaborativo onde qualquer pessoa pode indicar novos hotspots, enviar material multimídia e comentar os lugares e sua experiência.”A tendência do crescimento de pontos de acesso a internet Wi-Fi em Salvador reflete uma panorama mundial e nacional. No Brasil, cidades como Belo Horizonte e Ouro Preto (MG), Parati (RJ) e Porto Alegre (RS) estão implantando redes sem fio através da iniciativa dos poderes públicos municipais e/ou estaduais. Entretanto, em Salvador não existe nenhuma iniciativa do poder público local e o aumento do número de hotspots é promovido apenas pela iniciativa privada ou pelo uso doméstico. O site além de identificar a localização dos hotspots, conta com fotos, vídeos e depoimentos das pessoas que utilizam essas conexões. O endereço do site é www.wifisalvador.facom.ufba.br .”