YouTube ao vivo: demorou, mas está acontecendo


Um dos aspectos mais importantes do crescimento da Internet no século XXI e do surgimento de aplicações e plataformas cada vez mais sofisticadas foi o desenvolvimento da banda larga. As redes de alta velocidade vêm propiciando experiências diferenciadas no uso de diversos recursos multimídia ou da chamada Web 2.0. O YouTube é um dos beneficiados pela emergência da banda larga, mesmo ainda não sendo uniforme em todos os países ou no interior dos países como no caso do Brasil. Além da questão da infra-estrutura está o custo para manter uma verdadeira banda larga doméstica.
Mas como o maior repositório de vídeos da Internet, o YouTube avança por uma área que poderá ser um domínio natural da mesma, além de um novo modelo de negócios: o aluguel de filmes via streaming ou a transmissão ao vivo de shows ou de esporte.
No ano passado a transmissão ao vivo do show de U2 foi visto por mais de 10 milhões de pessoas. É um número significativo. É provável que em breve o YouTube também ofereça transmissões ao vivo por celular a exemplo do Qik e Kyte. O Google ocupa cada vez mais espaço com suas plataformas integradas.